Our Blog

5 (100%) 2 votes
7 Dicas Essenciais Sobre Servidor Data Center

Você já parou para pensar onde toda informação que trafega na internet é armazenada? Os vídeos assistidos no Youtube e outras redes sociais, todos os arquivos fundamentais para o funcionamento deste site, todos estão armazenados e bem protegidos em potentes servidores ligados 24 horas por dia, para que os domínios não saiam do ar e o usuário possa acessá-lo a qualquer momento. Estamos falando de um servidor Data Center.
Para garantir o bom funcionamento desses servidores, eles devem ser mantidos em Data Centers, que em resumo são locais com características específicas capazes de suportar e fornecer toda a estrutura necessária a equipamentos extremamente complexos.

Servidor Data Center – Tipos e Dicas De Uso e Segurança

Dentro de um Data Center(parte crucial da infraestrutura de TI de uma empresa), os servidores realizam a maior parte do trabalho em processamento, podendo ser configurados para desempenhar diferentes funções que vão de acordo com as necessidades de cada empresa. Dessa maneira contemplam funções que vão muito além do poder de processamento da computação ou de transferência de dados, sendo possível melhorar o desempenho da funcionalidade de aplicações, sistemas operacionais e de processos de comunicação, entre muitos outros.

Por esse motivo, o servidor Data Center é dividido em diversos tipos, tais como:

 

1 – Servidor Web

Este é o servidor responsável por responder a todas as solicitações feitas para um domínio, considerado o núcleo de qualquer Data Center. O servidor web é quem hospeda os sites e aplicações na rede e pode ser encarado tanto como o servidor web hardware, quanto software, a depender do contexto.

O servidor hardware diz respeito à estrutura física, que deve atender a uma série de requisitos relativos aos cuidados, para garantir o funcionamento 24 horas por dia, por esse motivo, é preciso aloca-los locais que possam prover tal estrutura em grande quantidade.

Enquanto o servidor web software diz respeito a toda informação na rede, que é enviada ao servidor na forma de protocolos, como HTTP, HTTPS, documentos HRMLS com objetos anexados (imagens, entre outros);

2 – Servidor De Banco De Dados

Dentro de um Data Center, alguns servidores podem ser configurados para otimizar a transferência de arquivos e dados entre os demais equipamentos do Data Center de forma dedicada, além de encaminhá-los para serem armazenados. Esses são chamados de servidores de banco de dados, que possibilitam a organização, processamento e armazenamento de informações de uma empresa com maior segurança e com alto desempenho;

3 – Servidor de aplicação

É uma máquina dedicada a melhorar o desempenho de uma única aplicação, disponibilizando um ambiente para que as aplicações possam ser instaladas e executadas a partir do processamento do servidor de aplicação de forma mais eficaz. Em outras palavras, o servidor de aplicação reserva seu poder de processamento para que uma ferramenta ou sistema tenha sua performance melhorada.
Além disso, com esse servidor, os clientes não precisam instalar as aplicações em suas máquinas;

4 – Demais servidores

Existem outros tipos de servidores configurados para ter papeis específicos, como envio, decodificação e recebimento de e-mails através de um protocolo STMSP, por exemplo, além de Print Server, servidores de mídia (responsáveis pelos streamings), entre outros.

Além dos diversos tipos, manter um servidor Data Center funcionando com o desempenho ideal, uma série de cuidados devem ser tomados, acompanhe a seguir:

5 – Segurança

O cuidado com a segurança em um Data Center deve ser dividido entre a segurança física, com bloqueios físicos de acesso apenas a pessoal autorizado, além da engenharia do prédio que deve ser composta por sensores de fumaças e temperaturas para identificar qualquer alteração e claro um sistema de extintores e sprinklers que sejam capazes de extinguir qualquer foco de incêndio o mais rápido possível.

A segurança lógica, composta por uma equipe de segurança da informação trabalhando para evitar qualquer tipo de invasão, entre outros pontos, como um pé direito alto, para possibilitar a ventilação dos servidores etc;

6 – Refrigeração

Por serem equipamentos potentes, os servidores precisam manter-se sempre com a temperatura controlada, para isso, além do pé direito alto, para a passagem dos fios e circulação do ar, o chão também deve ser suspenso. Dessa maneira o ar frio entra por baixo e pela frente dos servidores e saem por cima.

Isso é possível quando os equipamentos ficam alocados de frente um para o outro, pois assim criam-se corredores de ar frio que entra e refrigera as peças e sai quente por trás. Além de um controle de umidade para evitar a formação de orvalho em dias úmidos e quentes.

7 – Energia

Em caso de interrupção no fornecimento de energia, os Data Centers devem possuir nobreaks capazes de manter todos os servidores em funcionamento até que o gerador comece a funcionar. Alguns geradores a diesel são capazes de manter o Data Center funcionando por até 7 dias, sem reabastecimento;

Como dissemos, os Data Centers existem para que todo conteúdo web fique disponível a todo o momento e consiga fornecer um serviço de qualidade para o usuário e empresas, por esse motivo, as dicas de segurança são fundamentais.

Gostou do tema? Continue acompanhando o blog da Duk Informática & Cloud para entender mais sobre o universo da tecnologia da informação. Somos uma empresa com mais de 11 anos de experiência no mercado de soluções para TI empresarial, aproveite para conhecer um pouco mais sobre nossos produtos e serviços, nossos colaboradores ficarão felizes em atende-los (as).

Comentários ( 0 )

    Deixe um comentário

    Your email address will not be published. Required fields are marked *